Arquivo da Categoria "Conferências e palestras"

Transição do Sistema Internacional é tema do X EBERI

Postado por INEST em 08/set/2023 -

Será realizada entre os dias 16 e 20 de outubro a décima edição do Encontro Brasileiro de Estudos Estratégicos e Relações Internacionais. O tema deste ano é Segurança Internacional e Defesa Nacional: Reflexões a partir de um Sistema Internacional em transição.

As inscrições podem ser feitas em https://www.encontroinest.com/ e em https://www.eventosdoinest.org/

A programação contará com as seguintes atividades:

Conferências

  1. Prof. Emérito Eurico de Lima Figueiredo (NEA/INEST/UFF)
    “Os Estudos Estratégicos na compreensão de um Sistema Internacional em transição”.
    Dia 16 de outubro – 10:30h.
  2. Profa. Dra. Beatriz Bissio (UFRJ)
    “Reflexos para a América do Sul das atuais alterações no Sistema Internacional”.
    Dia 18 de outubro – 10:00h.
  3. Prof. Dr. Jorge Ramalho (UNB e Vice-Presidente da ABED)
    “Interdependência na multipolaridade: riscos de conflitos no Sistema Internacional contemporâneo”.
    Dia 20 de outubro – 10:00h.

Mesas Redondas

  1. Os 20 anos do Núcleo de Estudos Estratégicos (NEA/INEST/UFF)
    Dia 16 de outubro – 2ª feira
    Horário – 14:00–15:45h
  2. A Cooperação entre o INEST e a ABED no desenvolvimento dos Estudos Estratégicos e de Defesa
    Dia 17 de outubro – 3ª feira
    Horário – 10:00–12:00h
  3. Projetos Estratégicos de Defesa: uma análise da realidade brasileira
    Dia 17 de outubro – 3ª feira
    Horário 14:00–16:00h
  4. A Geopolítica Atual e o Sistema Internacional
    Dia 18 de outubro – 4ª feira
    Horário 14:00–16:00h
  5. A Questão Nuclear e o desenvolvimento do Submarino Convencional de Propulsão Nuclear (PROSUB): os desafios de adequação aos protocolos da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA)
    Dia 19 de outubro – 5ª feira
    Horário 10:00–12:00h
  6. As transformações no Sistema Internacional e o impacto na América do Sul (INEST/FOMERCO)
    Dia 19 de outubro – 5ª feira
    Horário 14:00–16:00h

Mini Cursos

  1. O AUKUS e o Regime Global de Não Proliferação Nuclear.
    Victoria Viana SouzaGuimarães (Doutoranda – PPG Santiago Dantas) e Thayná Fernandes (Doutoranda – PPGEM).
  2. Geopolítica Antártica.
    Gabriele Marina Molina Hernandez (INEST/PPGEST).
  3. Segurança Espacial no Século XXI.
    Dra. Raquel dos Santos Missagia (INEST/PPGEST).
  4. O Direito Internacional dos Conflitos Armados (DICA).
    Profa. Dra. Erika Kubic (INEST/UFF).
  5. Economia de Defesa e Projetos Estratégicos de Defesa.
    Profa. Dra. Patrícia Matos (PPGCA/UNIFA), Prof. Dr. Marcos Barbieri (UNICAMP), Prof. Dr. Marcio Rocha (INEST/UFF).

Grupos de Trabalho

A Edição deste ano conta com 16 Grupos de Trabalho
GT1 – A Geopolítica e os Estudos Estratégicos

GT2 – Políticas Públicas de Defesa

GT3 – Base Industrial de Defesa e Estudos Estratégicos

GT4 – Ciência & Tecnologia, Inovação e Defesa

GT5 – Questão Cibernética, Defesa e Relações Internacionais

GT6 – Teoria Política dos Estudos Estratégicos

GT7 – História Militar e Estudos Estratégicos

GT8 – A Relação civil-militar no Brasil contemporâneo

GT9 – Economia Política das Relações Internacionais

GT10 – Segurança Internacional

GT11 – Teoria das Relações Internacionais

GT12 – Política Externa Brasileira

GT13 – As Operações de Paz e as Relações Internacionais

GT14 – Gênero nas Relações Internacionais

GT15 – Segurança e Defesa nas Américas: temáticas emergentes

GT16 – Grande Estratégia, Direito e o Poder do Estado

Force Commander das Nações Unidas no Congo participa de atividade com alunos do INEST

Postado por INEST em 07/dez/2020 -

No dia 23 de novembro, foi realizada no âmbito da disciplina Política Internacional Pós Guerra Fria, uma palestra sobre a Missão das Nações Unidas na República Democrática do Congo (Monusco), proferida pelo Force Commander da missão, general de divisão Ricardo Costa Neves.

A atividade foi feita por meio de videoconferência entre Kinshasa e Niteroi, contou com a participação de docentes e discentes da graduação em Relações Internacionais e foi organizada pelo professor Eduardo Heleno.

A Monusco é atualmente a maior missão de paz das Nações Unidas, com cerca de 18 mil soldados de 53 países. Seu contingente conta com 643 mulheres, entre civis e militares.

A missão tem como objetivo fortalecer as instituições estabilizar o país, o segundo maior da África em território. O Congo sofreu entre 1998 e 2003, o pior conflito em perdas humanas desde a Segunda Guerra Mundial. Estima-se que 3,8 milhões de pessoas tenham morrido e que a guerra civil tenha produzido 4,7 milhões de refugiados. Ao menos um milhão de crianças foram afetadas.

O general Costa Neves é o terceiro brasileiro a ocupar o cargo de Force Commander na Monusco. Antecederam a ele os generais Carlos Alberto dos Santos Cruz e Elias Rodrigues Martins Filho.



Diálogo entre Academia e Defesa pontuam a Aula Magna

Postado por INEST em 01/out/2018 -

A tradicional Aula Magna do INEST, realizada no dia 01/10,  contou, em sua edição deste ano, com palestra da Profª. Drª Sabrina Evangelista Medeiros, professora associada da Escola de Guerra Naval.  A apresentação teve como tema ‘O Complexo Academia e Defesa e apontamentos para a conjuntura’.

A professora desenvolveu seu tema fazendo um paralelo entre a literatura relativa às relações entre forças armadas e sociedade e a sua própria trajetória acadêmica, dando ênfase às conexões entre a academia e os estudos estratégicos.

Ela destacou o esforço dos pioneiros na área que derivou no atual quadro complexo de redes de pesquisadores em todo o Brasil. Nesse aspecto, ressaltou o papel, entre outros,  do atual diretor do INEST, professor Eurico de Lima Figueiredo, um dos fundadores da Associação Brasileira de Estudos da Defesa, a ABED. Relembrou igualmente a criação, em 2008, do curso de Relações Internacionais do INEST/UFF, quando colaborou nos seus primeiros anos.

Aula Magna 2018
Aula Magna 2018
Aula Magna 2018
Aula Magna 2018
Aula Magna 2018
Aula Magna 2018
Aula Magna 2018
previous arrow
next arrow
 

Sabrina também  descreveu o papel de uma geração de jovens pesquisadores, alguns hoje professores do INEST e de outros centros de excelência, e a institucionalização de um espaço de pesquisa e ensino constituído  por civis na Escola de Guerra Naval, que acabou por reforçar o diálogo entre a Academia e a Defesa.

Ao final de sua apresentação, ela encorajou a audiência a buscar a oportunidades, reconhecer o dever de cada um perante à sociedade e  dar conta do desafio de produzir o conhecimento e a reflexão sobre os aspectos estratégicos  para as novas gerações. Ao término de sua intervenção, a professora foi saudada por longa salva de palmas.

Rob Walker faz visita ao INEST

Postado por INEST em 30/jun/2018 -

O Programa de Pós Graduação em Estudos Estratégicos recebeu no dia 28 de junho a visita do professor Rob Walker, um dos mais renomados teóricos contemporâneos das Relações Internacionais.  O docente da Victoria University, que estava no Brasil cumprindo extensa agenda acadêmica, aceitou o convite do coordenador do PPGEST, prof. Thiago Rodrigues, para dar palestra especial na disciplina Teoria e Análise de Relações Internacionais da Defesa e da Segurança I. O tema escolhido foi com base em seu livro “Inside/Outside: International Relations as Political Theory”.

 

Relações Estados Unidos – México é tema de encontro

Postado por INEST em 16/maio/2018 -

No dia 23 de maio será realizado o debate México – Estados Unidos, 170 anos após Guadalupe -Hidalgo.
O Tratado citado pôs fim à guerra entre os dois países, garantindo a anexação, por parte dos norte-americanos, de mais da metade do território mexicanos.
Seus efeitos são sentidos até a atualidade.
A coordenação do evento será feita pelo prof. Gabriel Passetti.
As inscrições podem ser feitas em https://goo.gl/forms/9FlMcnpMd00lWzip2

ABCP-Sudeste e INEST realizam Seminário sobre Direitas e Conservadorismo

Postado por INEST em 02/maio/2018 -

No dia 25 de abril foi realizado no auditório do bloco P  o seminário Conservadorismos, Novas Direitas e Grupos insurgentes.

O seminário contou com a apresentação das pesquisas dos professores Alexandre Fuccille (UNESP), Esther Solano (UNIFESP), Felipe Borba (UNIRIO) e  Mara Telles (UFMG), e com a moderação do professor Eduardo Heleno.
A professora Mara Telles, da UFMG, deu início ao debate, apresentando pesquisa em que comparou os discursos presentes nos grupos de direita que foram às ruas entre 2013 e 2016 no Brasil com aqueles existentes no âmbito da União Europeia. Em seu trabalho, ela pontuou as características que assemelham e afastam esses movimentos e partidos.

A professora Esther Solano, baseada em entrevistas e pesquisa em redes sociais,  mostrou alguns aspectos que servem para ilustrar o perfil  do eleitorado brasileiro que tende atualmente a votar em partidos da direita.

Novas Direitas, Conservadorismos e Grupos Insurgentes
Novas Direitas, Conservadorismos e Grupos Insurgentes
Novas Direitas, Conservadorismos e Grupos Insurgentes
hoplos
previous arrow
next arrow
 

O professor Felipe Borba por sua vez apresentou a pesquisa sobre a violência política, dando especial ênfase ao estado do Rio de Janeiro. Em seu trabalho, que ainda está em andamento , ele apurou dados relevantes que ajudam a explicar os casos de morte envolvendo políticos.

Finalizando o seminário, o professor Alexandre Fuccille trouxe uma série de reflexões sobre o papel dos militares na democracia, e  a interação da instituição castrense com os movimentos e partidos, sejam de direita ou esquerda. Fuccille também prescreveu ações que devem consideradas para a melhoria do controle civil objetivo sobre as Forças Armadas.

O evento, denominado Rodada ABCP  Sudeste – INEST , deu continuidade a uma série de debates realizados em março em São Paulo e organizados pela Regional Sudeste e pelo NEAM/PUC-SP.

A atividade em Niterói foi fruto de parceria entre a ABCP (Regional SE), representada pelos professores Mara Telles (diretora) e Felipe Borba (vice-diretor), e o INEST, representado pelo professor Eduardo Heleno. A organização contou com apoio do Programa de Pós Graduação em Estudos Estratégicos, do grupo de estudos sobre Política e Forças Armadas na América do Sul, dos tutores e monitores do curso de Relações Internacionais.

Simpósio Internacional Guerra Fria, entre o local ao global

Postado por INEST em 02/out/2017 -

Durante os dias 25 e 28 de setembro foi realizado o Simpósio Internacional “Guerra Fria: entre o local e o global”.

 

A conferência de abertura foi ministrada pelo  professor Adriano de Freixo (INEST-UFF), que  falou sobre “A crise do Último Império: a Guerra Fria e as décadas finais do colonialismo português (1945-1975)”.  Logo depois, a mesa redonda: A América Latina e a Guerra Fria abordou três temas. A primeira exposição foi “Regimes militares do Cone Sul: propaganda anti comunista no contexto da Guerra Fria”, pela professora Maria Helena Rolim Capelato (USP). A segunda exposição foi realizada pela professora Samantha Viz Quadrat (UFF) sobre o tema “Os impactos do voo do Condor na ditadura e na democracia”. O último tema analisado pela mesa foi “Futebol e ditaduras na América do Sul: nacionalismo, cooperação e resistência” pela professora Lívia Gonçalves Magalhães (UFF). A última mesa redonda do primeiro dia do simpósio internacional foi “Políticas Externa e Interna do Brasil na Guerra Fria”. A mesa contou com três temas para debate: “Coexistência e competição: as narrativas de John Kennedy, Nikita Kruschev e San Tiago Dantas”, pelo professor Renato Petrocchi (INEST-UFF);  “Guerra Fria e os Militares: uma relação explosiva”, pelo professor Paulo Ribeiro Rodrigues Cunha (UNESP) e a  “A construção do Terceiro Mundo. A frente latina,o sistema multilateral e a Guerra Fria (1946-1954)”, realizada pelo professor Alexandre Moreli (FGV – CPDOC).

O segundo dia do simpósio abordou as duas superpotências. Mediada pelo prof. Vitelio Brustolin, a  mesa redonda :Os EUA e seu bloco contou com três temas. O professor Dennison de Oiveira (UFPR) falou  sobre ” Os EUA e o equilíbrio de poder na América Latina após a Segunda Guerra Mundial: a política de fornecimento de armas e munições para o continente no contexto do início da Guerra Fria”; a segunda análise “Caracterizando o terror e o contra terror: as narrativas e as propostas de neoconservadores e neoliberais para a Revolução Nicaraguense e a Guerra Civil em El Salvador nos anos 1980” foi apresentada pelo professor Roberto Moll Neto (Instituto Federal Fluminense) ; o professor Thaddeus Gregory Blanchette (UFRJ) trouxe  a temática “Atravessando um continente para Paz:The Great Peace March for Global Nuclear Disarmament, 1986”.  A mesa redonda: A URSS e seu bloco, mediada pelo professor Eduardo Heleno,  teve as apresentações das  professoras Elitza Lubenova Bachvarova (UFRJ), que falou sobre “A Polícia Política na Bulgária Socialista: Uma Máquina de Legitimação”; Ekaterina Volkova (UFF) que abordou a “Literatura de língua russa no século XX: russa, soviética ou antissoviética?”, e Thaiz Carvalho Senna (UFF) que mostrou sua pesquisa sobre a “A representação feminina como arma na Guerra Fria “.

O terceiro dia explorou a guerra fria na Ásia e na África.  A mesa redonda : “As Relações Internacionais após as descolonizações” contou com três apresentações. A professora Jacqueline Ventapane dissertou sobre “A última ‘guerra quente’ da Guerra Fria: as lutas de libertação de Angola na grande imprensa brasileira; o professor  Flávio Limoncic (UNIRIO) expôs sobre “A Guerra Fria no Oriente Médio”. Ao fim, a professora Beatriz Bissio (UFRJ) explicou “Bandung: o despertar do sul”.  A mesa redonda : “Guerra Fria na Ásia” contou com a apresentação “O Brasil e as repúblicas hemisféricas na Guerra da Coréia”, do professor Vágner Camilo Alves (INEST-UFF); com “A expansão das fronteiras econômicas dos Estados Unidos: o anticolonialismo imperial e a disputa pelo mercado chinês na interpretação historiográfica revisionista”, do professor  Flávio Alves Combat (DGEI-UFRJ) e, por fim, com “Construção da Memória do Camboja Pós Khmer Vermelho: O Testemunho no Cinema de Rithy Panh”, com a professora  Tanara Stuermer Ludwig.

No último dia, uma mesa dedicada aos avanços tecnológicos e outra, à historiografia, fecharam o evento. A última mesa redonda do evento tratou o tema “Inteligência, Defesa e Espionagem”. As contribuições ficaram por conta do professor Leandro Alberto de Paiva Siqueira (PUC-SP) que abordou sobre a “Corrida espacial e inteligência”. O professor Vitelio Brustolin(INEST-UFF/Columbia University) mostrou sua pesquisa sobre as “Transformações científicas e tecnológicas durante a Guerra Fria”, enquanto que o professor Henrique Fernandes Alvarez Vilas Porto (PPGEST-UFF) apresentou um painel sobre  “A Crise da Indústria Bélica Brasileira nas Décadas de 1980 e 1990”.  A Conferência de Encerramento, ministrada pelo professor Sidnei José Munhoz (UEM), trouxe o tema “Guerra Fria: origens,conceito e debates historiográficos”.

O Simpósio Internacional recebeu recursos da CAPES para a realização. A coordenação geral do evento coube ao professor Gabriel Passetti.  A organização contou com os professores Adriano de Freixo, Eduardo Heleno, José Manuel Gonçalves, Renato Petrocchi, Vágner Camilo Alves e Vitelio Marcos Brustolin. O comitê científico foi composto pelos professores Maria Ligia Coelho Prado (USP), Tereza Maria Spyer Dulci (UNILA),  Eurico de Lima Figueiredo,Fernando Roberto de Freitas Almeida e Thiago Moreira de Souza Rodrigues.

 

Pesquisadores do IESP apresentam o Atlas da Política Brasileira de Defesa

Postado por INEST em 12/set/2017 -

No dia 12 de setembro, o INEST recebeu os professores Maria Regina Soares de Lima, Marianna Albuquerque, Murilo Gomes da Costa e Rubens Duarte e Rubens Duarte, do IESP. Eles apresentaram o Atlas da Política Brasileira de Defesa. O trabalho foi fruto do edital feito pela Cnpq e pelo ministério da Defesa e contou com a revisão do prof. Thiago Rodrigues.  Entre os pesquisadores, dois são formados em Relações Internacionais pelo INEST/UFF: Igor Acácio e Murilo Gomes da Costa. Além disso,  Marianna Albuquerque é professora colaboradora do INEST.

Pesquisadores do IESP apresentam o Atlas

Docentes e Discentes do INEST marcam presença na Semana de Relações Internacionais da UNESP

Postado por INEST em 01/set/2017 -

O professor Eduardo Heleno e os mestrandos Leandro Pinotti, Mariana Guimarães e Roberta Helena dos Santos participaram da Semana de Relações Internacionais da Universidade Estadual Paulista (UNESP) em Marília.  Eduardo Heleno participou com os professores Paulo Cunha, Vivian Ishaq e Carolina de Campos Melo na mesa redonda sobre Memória, Justiça e Comissões da Verdade: Impasses de uma transição na América Latina.

Cientista política Fatima Lampreia fala sobre as eleições de 2018

Postado por INEST em 25/ago/2017 -

Abrindo as atividades do segundo semestre de 2017, o INEST recebeu, no dia 24 de agosto, quinta-feira, a cientista política Fátima Lampreia, PhD pela Universidade de Essex (Reino Unido), e pesquisadora da Universidade de Algarve. A palestra abordou as eleições de 2018 à luz das eleições de 1989. Lampreia é autora de O Centro do Labirinto: Um estudo sobre a competição eleitoral na TV e Convergências Miméticas:O Centro do Labirinto volume II.

Eleições de 2018

Postado por INEST em 18/ago/2017 -

Abrindo as atividades do segundo semestre de 2017, o INEST recebe, no dia 24 de agosto, quinta-feira, a cientista política Fátima Lampreia, PhD pela Universidade de Essex (Reino Unido), e pesquisadora da Universidade de Algarve.
A palestra terá como tema as eleições de 2018 à luz das eleições de 1989. Lampreia é autora de O Centro do Labirinto: Um estudo sobre a competição eleitoral na TV e Convergências Miméticas:O Centro do Labirinto volume II.
A palestra acontece no auditório do bloco P, às 11h.
As inscrições podem ser feitas aqui
https://goo.gl/forms/XAsPoqAVxYtIRnZk2

Conjuntura Política

Postado por INEST em 23/jun/2017 -

No dia 26, segunda-feira, o INEST recebe o deputado Miro Teixeira, que fará palestra sobre a conjuntura política brasileira. A atividade será realizada no auditório do bloco G, às 11h.
Inscrições devem ser feitas no link https://goo.gl/forms/xWjzNNuxeMwVUBXm2

As questões curda e turca no Oriente Médio

Postado por INEST em 22/jun/2017 -

O Instituto de Estudos Estratégicos da UFF recebeu os professores Mehmet Gurses, da Florida Atlantic University e Aloysio Vasconcellos, da Brazil International Foundation.
Gurses apresentou palestra sobre as questões curda e turca no Oriente Médio, e aspectos do Partido Paz e Democracia (Barış ve Demokrasi Partisi – BDP) e do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (Parti Karkerani Kurdistan-PKK). A apresentação foi realizada para professores e alunos do mestrado em Estudos Estratégicos.

Crise tem cinco letras: Trump, Temer e a débâcle da Democracia

Postado por INEST em 12/jun/2017 -

O Laboratório de Estudos sobre a Política Externa Brasileira (LEPEB), o Laboratório de Estudos em Política Internacional (LEPIN) e o Núcleo de Estudos Estratégicos Avançados (NEA) convidam para a mesa-redonda “Crise tem cinco letras: Trump, Temer e a débâcle da Democracia”, que acontecerá na quarta-feira, dia 14 de junho, às 14 h, no Auditório do Bloco F (Faculdade de Economia), no Campus do Gragoatá. A mesa será mediada por Gabriel Passetti, professor de História das Relações Internacionais do INEST-UFF, e terá como debatedores:

Aaron Schneider – Diretor da Cátedra Leo Block de Estudos Internacionais (University of Denver)
Adriano de Freixo – Professor de Política Externa e Relações Internacionais do INEST-UFF
Rafael R. Ioris – Professor de História Latino Americana e Política Comparada (University of Denver)
Sylvia Moretzsohn – Jornalista e professora aposentada do Departamento de Comunicação Social da UFF.
O evento contará três horas internas de Atividades Complementares para alunos de RI da UFF e serão emitidos certificados para ouvintes externos. As inscrições podem ser feitas no link abaixo:

https://goo.gl/forms/V7MRPFq2ioNRzLAU2

Aula Inaugural do Curso de Relações Internacionais

Postado por INEST em 18/abr/2017 -

No dia 20 de abril, quinta-feira, será realizada a Aula Inaugural do Curso de Relações Internacionais do INEST-UFF.
O convidado especial é o professor Alcides Costa Vaz (UnB), presidente da Associação Brasileira de Estudos da Defesa (Abed). A palestra terá início às 11h e acontece no auditório da Faculdade de Economia, no bloco F do Campus do Gragoatá.
As inscrições podem ser feitas em
https://goo.gl/forms/34kNQEqdl3sxilf12

Cobertura do Simpósio Internacional Dois Séculos de Relações Internacionais

Postado por INEST em 19/maio/2016 -

Ter­ceiro dia do Sim­pó­sio Dois Sécu­los de Relações Inter­amer­i­canas

Texto: Raquel Araújo de Jesus; Fotos: Mar­i­ana Guimarães e Urias Fernandes

Na tarde desta terça-​feira, 18 de maio de 2016, ocor­reu o ter­ceiro e último dia do Sim­pó­sio Inter­na­cional “Dois Sécu­los de Relações Inter­amer­i­canas”, no auditório do “Bloco E” da Uni­ver­si­dade Fed­eral Fluminense.

IMG 5236

A primeira Mesa Redonda, sob a coor­de­nação do Prof. Dr. Eduardo Heleno (INEST-​UFF), abor­dou o tema “Forças Armadas e Sociedade no século XXI”. O Prof. Dr. Celso Cas­tro, do CPDOC da Fun­dação Getúlio Var­gas, tra­tou sobre “A Amazô­nia no pen­sa­mento dos Mil­itares Brasileiros”. Cas­tro falou sobre a cen­tral­i­dade da região no imag­inário do Exército Brasileiro, prin­ci­pal­mente a par­tir da década de 1990. O Prof. Dr. Paulo Cunha, da Uni­ver­si­dade Estad­ual Paulista, abor­dou a temática “Mil­itares e a Sociedade na América Latina” e falou sobre tran­sição e democ­ra­cia no Brasil, Uruguai, Argentina e Chile. Na sequên­cia, o Prof. Dr. João Roberto Mar­tins Filho, da Uni­ver­si­dade Fed­eral de São Car­los, tra­tou sobre “As relações entre civis e mil­itares no Brasil” e a par­tic­i­pação dos mil­itares na política durante o período republicano.

IMG 5268

A segunda Mesa Redonda foi coor­de­nada pelo Prof. Dr. Vite­lio Mar­cos Brus­tolin (INEST-​UFF) e teve como tema “Mil­itares e a Defesa Inter­amer­i­cana no século XXI”. O Prof. Dr. Mar­cos José Bar­bi­eri Fer­reira, da Uni­ver­si­dade Estad­ual de Camp­inas, apre­sen­tou como temática a ser dis­cu­tida “A inserção da Base Indus­trial de Defesa Brasileira no con­texto inter­amer­i­cano no século XXI” abor­dando questões como gas­tos orça­men­tários em defesa na América e no mundo e pos­si­bil­i­dades de inte­gração inter­amer­i­cana em matéria de defesa. O Prof. Ms. Eduardo Oighen­stein Loureiro, da Uni­ver­si­dade Fed­eral Flu­mi­nense, trouxe como tema “O Brasil e o processo de lid­er­ança regional: o poder nacional e a pro­jeção inter­na­cional no pro­grama KC-​390” anal­isando a relevân­cia do pro­jeto empreen­dido pela EMBRAER na pro­jeção inter­na­cional do Brasil. Pos­te­ri­or­mente, o Embaix­ador Addor Neto, à con­vite do Prof. Dr. Vite­lio Mar­cos Brus­tolin, fazendo menção ao provér­bio latino Si vis pacem, para bel­lum, falou sobre a importân­cia da temática de Defesa Nacional no mundo contemporâneo.

Para encer­rar as ativi­dades do Sim­pó­sio, o Prof. Dr. Gabriel Pas­setti (INEST-​UFF) agrade­ceu o apoio insti­tu­cional da CAPES, da Uni­ver­si­dade Fed­eral Flu­mi­nense, do Insti­tuto de Estu­dos Estratégi­cos, da Fac­ul­dade de Econo­mia, do Pro­grama de Pós-​Graduação em Estu­dos Estratégi­cos, e dos demais pro­fes­sores e estu­dantes na real­iza­ção do evento que teve como intu­ito não ape­nas cel­e­brar os duzen­tos anos de relações inter­amer­i­canas, como tam­bém apre­sen­tar difer­entes for­mas de se pen­sar esta mesma questão. Em seguida, o Prof. Dr. Emérito Eurico de Lima Figueiredo, Dire­tor do Insti­tuto, agrade­ceu ao Prof. Pas­setti pelo esforço empreen­dido na real­iza­ção do evento e dis­cur­sou sobre o com­pro­misso que a comu­nidade acadêmica tem com o país.

Segundo dia do Sim­pó­sio Dois Sécu­los de Relações Inter­amer­i­canas

Pub­li­cado em Quarta, 18 Maio 2016 10:23Texto: Pedro Maués; Fotos: Mar­i­ana Guimarães e Urias Fernandes

O segundo dia do Sim­pó­sio Inter­na­cional Dois Sécu­los de Relações Inter­amer­i­canas começou com a mesa “O Brasil e as Améri­cas”, sob a coor­de­nação do Prof. Dr. Gabriel Pas­setti. O Prof. Dr. Luís Cláu­dio Vil­lafañe Gomes San­tos, do Insti­tuto Histórico e Geográ­fico Brasileiro, apre­sen­tou a comu­ni­cação “A con­strução do con­ceito de América do Sul pela diplo­ma­cia brasileira”, na qual fez um panorama do que a diplo­ma­cia brasileira tem enten­dido por “América do Sul”, do século XIX aos dias atu­ais. Em seguida, o Prof. Dr. Fran­cisco Dora­tioto, da Uni­ver­si­dade de Brasília, dis­cor­reu sobre a evolução da política brasileira na região do Rio do Prata, do Primeiro Reinado até o iní­cio do período repub­li­cano, em “A política do Brasil para o Rio da Prata no século XIX”.

IMG 5122

Luis Cláu­dio Vil­lafañe Gomes San­tos, Gabriel Pas­setti e Fran­cisco Doratioto.

A segunda mesa do dia foi coor­de­nada pelo Prof. Dr. Adri­ano de Freixo, e teve como tema “Relações inter­amer­i­canas no século XX”. O Prof. Dr. Alexan­dre Fortes, da Uni­ver­si­dade Fed­eral Rural do Rio de Janeiro, abriu a mesa com “A visão norte-​americana sobre a política tra­bal­hista brasileira durante a Segunda Guerra Mundial”, apre­sen­tando uma inves­ti­gação sobre a importân­cia estratég­ica do Brasil para os EUA na Segunda Guerra Mundial e seus efeitos na visão norteam­er­i­cana sobre a questão tra­bal­hista no Brasil. Na sequên­cia, Profa. Ms. Juliana Gagliardi de Araujo, da UFF, con­tribuiu com uma per­spec­tiva das Comu­ni­cações Soci­ais em “Imprensa em rede na América Latina: a Sociedade Inter­amer­i­cana de Imprensa e o Grupo de Diários América”, uma pesquisa sobre dois obje­tos pouco estu­da­dos, a Sociedade Inter­amer­i­cana de Imprensa (SIP), e o Grupo de Diários América (GDA), e seus papéis em deter­mi­na­dos pro­je­tos políti­cos de atores latino-​americanos e estadunidenses. Por fim, tive­mos a comu­ni­cação “Encon­tros e des­en­con­tros nas relações Brasil-​Argentina”, na qual a Profa. Dra. Miriam Gomes Saraiva, da Uni­ver­si­dade do Estado do Rio de Janeiro, nos apre­sen­tou uma visão panorâmica das relações entre Brasil e Argentina ao longo do século XX.

IMG 5147

Juliana Gagliardi, Adri­ano de Freixo, Alexan­dre Fortes e Miriam Gomes Saraiva

A jor­nada do Sim­pó­sio foi encer­rada com a con­fer­ên­cia “O Con­gresso do Panamá e os ensaios da união latino-​americana no século XIX”, do Prof. Dr. Ger­mán A. de la Reza, da Uni­ver­si­dad Autónoma Met­ro­pol­i­tana, no Méx­ico, na qual o pro­fes­sor fez uma análise histórica dos pro­je­tos de inte­gração entre os Esta­dos da América Latina a par­tir das independências.

IMG 5162

Ger­man de La Reza
O Sim­pó­sio, orga­ni­zado pelo Prof. Gabriel Pas­setti, conta com o apoio da Capes.

INEST orga­niza evento sobre os dois sécu­los de relações inter­amer­i­canas

Postado por INEST em 17/maio/2016 -

Texto: Ricardo Freire; Fotos: Mar­i­ana Guimarães, Urias Fernandes

O Sim­pó­sio Inter­na­cional “Dois sécu­los de relações inter­amer­i­canas” teve iní­cio na tarde desta segunda-​feira, 16 de maio, no Auditório do Bloco “F” do Cam­pus do Gragoatá. O Prof. Dr. Thi­ago Rodrigues, Chefe do Depar­ta­mento de Estu­dos Estratégi­cos e Relações Inter­na­cionais do INEST, rep­re­sen­tando o Prof. Dr. Emérito Eurico de Lima Figueiredo, Dire­tor do Insti­tuto, agrade­ceu a pre­sença de todos os con­fer­encis­tas e assis­tentes, bem como cumpri­men­tou o Prof. Dr. Gabriel Pas­setti pela ini­cia­tiva e orga­ni­za­ção do Simpósio.

aIMG 4801

Em seguida, o Prof. Dr. Vágner Camilo Alves, Coor­de­nador do Pro­grama de Pós-​Graduação em Estu­dos Estratégi­cos da Defesa e da Segu­rança do INEST, tam­bém elo­giou a ini­cia­tiva e desta­cou apoio do Pro­grama de Pós-​Graduação ao evento, em face de sua relevância.

aIMG 4868

A Con­fer­ên­cia de Aber­tura do Sim­pó­sio foi pro­ferida pela Prof.ª Dr.ª Maria Ligia Coelho Prado, Emérita da Uni­ver­si­dade de São Paulo, que abor­dou o tema “Brasil e América Latina: prox­im­i­dades distantes”.

aIMG 4896

Finda essa con­fer­ên­cia e sua sessão de debates, foi for­mada a primeira Mesa Redonda do evento, sob a coor­de­nação do Prof. Dr. Vágner Camilo Alves, que ver­sou sobre o papel do EUA nas relações inter­amer­i­canas. A Mesa con­tou a fala do Prof. Dr. Fer­nando Luiz Vale Cas­tro, da Uni­ver­si­dade Fed­eral do Rio de Janeiro, que tra­tou do “Pan-​americanismo: entre a teo­ria e prática (18901940)”. Na sequên­cia, a Prof.ª Dr.ª Cecilia Azevedo, da Uni­ver­si­dade Fed­eral Flu­mi­nense, abor­dou a temática do “Movi­mento de Sol­i­dariedade à América Cen­tral nos anos 1980”. E, con­cluindo os tra­bal­hos, o Prof. Dr. Roberto Moll, do Insti­tuto Fed­eral Flu­mi­nense, dis­cur­sou sobre “Os Esta­dos Unidos e a América Latina no iní­cio do século XXI: con­tinuidades, rup­turas e perspectivas”.

Após uma série de debates e ques­tion­a­men­tos, o Coor­de­nador da Mesa, antes de dar por encer­ra­dos os tra­bal­hos da jor­nada, agrade­ceu a par­tic­i­pação de todos e con­cedeu aos palestrantes, como marco de gratidão e recon­hec­i­mento, um Cer­ti­fi­cado de Participação.

Frank McCann pro­fere palestra no INEST

Postado por INEST em 06/nov/2014 -

O his­to­ri­ador norte-​americano Frank McCann pro­feriu palestra sobre as relações Brasil-​Estados Unidos na época do régime mil­i­tar, no último dia 3 de novem­bro, no Insti­tuto de Ciên­cias Humanas e Filosofia (ICHF), no cam­pus do Gragoatá.

Inti­t­u­lada “Rela­tions dur­ing mil­i­tary years ended the U.S.-Brazil Alliance” a palestra apre­sen­tou um panorama das relações entre as duas nações, com ênfase no período da ditadura brasileira (19641985).

Docente da Uni­ver­si­dade de New Hamp­shire, McCann atuou como pro­fes­sor vis­i­tante durante um mês no Pro­grama de Pós-​Graduação em Estu­dos Estratégi­cos (PPGEST), do Insti­tuto de Estu­dos Estratégi­cos (INEST), onde min­istrou, jun­ta­mente com o pro­fes­sor Adri­ano de Freixo, a dis­ci­plina Teo­ria e Análise das Relações da Defesa e da Segu­rança II, McCann é pro­fundo con­hece­dor do assunto, tem de dois de seus livros: “Sol­da­dos da Pátria – História do Exército brasileiro 18891937” (Com­pan­hia das Letras) e “Aliança Brasil-​Estados Unidos: 19371945” (Bibliex).

2014-11-03-Frank-McCann

Dois Anos do Gov­erno Dilma Rouss­eff: um Bal­anço das Políti­cas Exter­nas e de Defesa.

Postado por INEST em 05/dez/2012 -

O INEST realizará, no dia 12 de dezem­bro, o sem­i­nário “Dois Anos do Gov­erno Dilma Rouss­eff: um Bal­anço das Políti­cas Exter­nas e de Defesa”. O local do evento será o auditório do bloco O, local­izado no Cam­pus do Gragoatá, Bloco O, São Domingos.

Às 9h, o pro­fes­sor Eurico de Lima Figueiredo, dire­tor do Insti­tuto, min­is­trará a con­fer­ên­cia de abertura.

Logo após, às 10h será ini­ci­ada a mesa redonda “A Política Externa no Gov­erno Dilma Rouss­eff”, medi­ada pelo pro­fes­sor Adri­ano de Freixo e que con­tará com a par­tic­i­pação dos pro­fes­sores Leonardo Valente (UFRJ), Mau­rí­cio San­toro (Anis­tia Inter­na­cional) e Míriam Saraiva (UERJ).

O tema “ A Política de Defesa no Gov­erno Dilma Rouss­eff” é o assunto da mesa-​redonda que terá iní­cio às 14h. Medi­ada pelo pro­fes­sor Vagner Camilo Alves, ela con­tará com a pre­sença dos pro­fes­sores Adri­ana Mar­ques (ECEME), Cláu­dio Sil­veira (UERJ) e Williams Gonçalves (UERJ).

Esse evento é orga­ni­zado pelo Pro­grama de Pós Grad­u­ação em Estu­dos Estratégi­cos (PPGEST) e pelo Lab­o­ratório Estu­dos sobre Política Externa Brasileira (LEPEB)

As inscrições podem ser feitas pelo email politicaexternabrasileira@gmail.com

Copyright 2023 - STI - Todos os direitos reservados

Translate »
Skip to content