Criptografia, inteligência e soberania são tema de artigo

Postado por INEST em 07/dez/2020 - Sem Comentários

– Acaba de ser publicado o artigo “Exploring the relationship between Crypto AG and the CIA in the use of rigged encryption machines for espionage in Brazil”, na Cambridge Review of International Affairs. O periódico, da Universidade de Cambridge, é classificado como Qualis A1 internacional. O texto foi escrito a seis mãos: Dennison de Oliveira (UFPR), Alcides Peron (USP) e Vitelio Brustolin, do PPGEST, INEST/UFF. https://www.tandfonline.com/eprint/5BWVSTMIHUXVZKSCZPWQ/full?target=10.1080%2F09557571.2020.1842328&


O artigo apresenta evidências históricas e documentais de que a empresa suíça Crypto AG, fornecedora de equipamentos de criptografia para mais de 120 países, dentre os quais o Brasil, era secretamente de propriedade da CIA e, durante algum tempo, da agência alemã BND. Com o apoio técnico da NSA, os equipamentos foram adulterados, permitindo que esses serviços de inteligência lessem a comunicação confidencial de países aliados e adversários. Isso abre a possibilidade de revisão de décadas de história, pois os documentos comprovam que, tanto o Brasil, quanto outros países, adquiriram equipamentos da Crypto AG em diferentes momentos, desde a década de 1950. O trabalho contou com grande repercussão midiática, tendo recebido chamada de capa do jornal O Globo de domingo, 22/11.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Copyright 2021 - STI - Todos os direitos reservados

Translate »