UFF concede ao Embaixador Samuel Pinheiro Guimarães o título de Doutor Honoris Causa

Postado por INEST em 20/mar/2022 - Sem Comentários

O Conselho Universitário da Universidade Federal Fluminense (CUV-UFF) aprovou em sessão realizada no dia 16 de março a concessão do título de doutor honoris causa ao Embaixador Samuel Pinheiro Guimarães.

Diplomata de carreira, Samuel Pinheiro Guimarães foi, entre vários cargos, Secretário Geral do Ministério das Relações Exteriores (2003-2009), ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE (2009-2010) e Alto Representante Geral do Mercosul (2010-2011). Atuou de maneira determinante na construção dos primeiros acordos entre Brasil e Argentina ao longo dos anos 90.

Na vida acadêmica, lecionou no Instituto Rio Branco, na UnB, na UFRJ, na UERJ e na FGV.  Entre 2015 e 2016, atuou como professor visitante do INEST-UFF, colaborando em várias atividades do Instituto.

Pensador da grande estratégia brasileira, entre as suas obras, destacam-se Desafios Brasileiros na Era de Gigantes e Quinhentos anos de Periferia.

Na plenária do CUV, o professor Vagner Camilo Alves, diretor do INEST, defendeu a homenagem, como mostra nota da própria UFF:

“Trata-se de um intelectual de um tipo específico e muito raro. Do sentido de que ele combina a própria formulação da política externa brasileira com trabalhos reflexivos sobre relações internacionais e o lugar do Brasil no mundo. Como articulador da política externa, o embaixador foi Ministro de Estado e membro da secretaria de assuntos estratégicos em 2009/2010. Teve um papel muito importante ao longo da sua carreira para iniciativas levando integração sul americana, especialmente os primeiros acordos entre Brasil e Argentina na segunda metade dos anos 80, onde contribuiu para a superação dos contenciosos que atrapalhavam as relações entre os dois países, e deu abertura para essa integração no cone sul, levando inclusive à formação do Mercosul.”

Em 2013, no Ciclo de Palestras do INEST (Acervo INEST)

A proposta acolhida pelo CUV, de relatoria do Prof. Eurico de Lima Figueiredo, se soma a outras homenagens feitas ao longo da carreira do Embaixador, pela Universidade Nacional de Rosário (Argentina), pela Universidade Candido Mendes e pela Faculdades Integradas do Brasil, nas quais fora agraciado com o título de Doutor Honoris Causa.

Também foi aprovada pela UFF o título de Honoris Causa à historiadora Maria Beatriz Nascimento, que se tornou a  primeira mulher negra a receber esse título na universidade. Os conselheiros aprovaram ainda o título de professor Emérito ao prof. Antonio Serra, ex-diretor do  Instituto de Artes e Comunicação Social (IACS), e à professora Suely Gomes Costa, do departamento de Serviço Social.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Copyright 2022 - STI - Todos os direitos reservados

Translate »
Skip to content